quinta-feira, 14 de novembro de 2013

A restauração do Del Rey 87/88 de Ben-Hur - 3ª Fase.


E a história do Del Rey 87/88 do Ben-Hur, de Porto Alegre – RS continua! O blog do Ford Del Rey traz a 3ª fase dos trabalhos da detalhada restauração.

Olá amigos!
Aproveitamos bem uma semana de forte calor aqui no sul. Com isso, o trabalho de pintura avançou bastante, em especial, na parte de baixo do Del Rey. Também conseguimos deixar quase todas as peças da mecânica prontas para começar a montagem. Agora só falta montar o eixo traseiro.
Aproveito para agradecer a oportunidade que o blog oferece de fazer novas amizades, como o Arlei de Taquari – RS e sua Belina completamente original, um belo carro. Além das novas amizades, através do blog trocamos informações a respeito de nossos queridos Del Rey’s tendo também a oportunidade de conhecer novos e belos exemplares.

Segue as fotos de como está o serviço no meu Del Rey:














segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Eis o Del Rey do Arlei, de Taquari - RS. Mais um belo exemplar para o nosso Clube!

O Blog do Ford Del Rey traz hoje mais uma bela história de “amor”. Desta vez, ela vem de Taquari, RS. Sem mais delongas, vamos à história!



Me chamo Arlei, sou gaucho, e atualmente residindo na cidade de Taquari, que está localizada a 90km de Porto Alegre.
Bom, gostaria de apresentar meu exemplar da linha Del Rey, adquirida em Agosto de 2013, ou seja, ainda estou naquela fase de “namoro novo” e absolutamente apaixonado pelo carro.
Mas porque Del Rey?  Porque cresci e aprendi a dirigir no Corcel Luxo 74 do meu pai, carro que esteve em nossa família por mais de 20 anos, e logicamente adquiri “laços afetivos” com esta linha da Ford.
Assim, ao decidir comprar um carro antigo para preservar, nada mais obvio que buscar um Corcel, ou suas evoluções Corcel II ou Del Rey. Como minha proposta de carro antigo não é a de guardar em galpão e manter ao estilo “museu”, mas sim andar com o carro aos finais de semana, curtir em viagens curtas, minha atenção recaiu sobre os modelos mais recentes da linha, ou seja, Corcel II ou Del Rey, mais atualizados e melhores de andar do que um Corcel I.
Mas, e a Belina? A Belina não estava nos meus planos iniciais, mas na incansável busca na internet pelo “carro certo”, surgiu uma Belina GLX 1.8 ano 90, verde metálica com interior bege, combinação linda de cores, e aparentemente em excelente estado. O carro estava na cidade de Canela, na serra gaucha. O valor pedido pelo proprietário estava dentro do orçamento, então subi a serra, vi o carro, gostei e rapidamente fechei negocio ! Não dava para deixar passar essa! Carros no estado em que esta Belina se encontrava estão cada vez mais difíceis de encontrar.
A Belina é completamente original, inclusive radio. O interior, painel e forrações estão simplesmente PERFEITOS, nada a reparar.
Atualmente marca 32.600 km, que ao que tudo indica é a quilometragem real do carro. Quando comprei, ela estava com o jogo de pneus Firestone F-560 originais de fabrica ainda, estavam completamente ressecados e “quadrados”, mas ainda tinha borracha o bastante, ou seja, rodaram pouco mais de “meia vida” do pneu, o que confere com a quilometragem registrada no hodometro. O proprietário havia comprado a Belina a alguns anos diretamente da família que a adquiriu 0 km em Porto Alegre.
Não fiz nenhuma restauração, retoque, nada na Belina. Apenas coloquei um jogo novo de pneus, e fizemos uma extensa revisão mecânica, com troca de todos fluidos, filtros e correias, limpeza de carburador e troca de velas. A Belina está rodando macia, gostosa e silenciosa, com total confiabilidade, e é uma delicia de pôr na estrada.
Em anexo segue algumas fotos da  “Bel” para ilustrar minha descrição.